O que é High-Low Branding e como usá-lo no seu negócio

High-low Branding | Alexsandro Kingmaker

O High-low Branding é um tipo de posicionamento visando atribuir características premium a uma marca ou produto, sem torná-lo exageradamente caro.

O foco dessa estratégia é atender a um público que quer consumir marcas, produtos e serviços diferenciados, sem a necessidade de investir valores exorbitantes.

Para conhecer melhor o High-low Branding e ter insights de como pode implanta-lo no seu negócio, trago abaixo diversos exemplos.

Aproveito para te convidar a conhecer o Luxury Brands, uma excelente solução para transformar seu negócio em uma Marca Premium.

 

CONFIRA TAMBÉM:

 

HIGH-LOW BRANDING E HIGH-END BRANDING

Para entender com mais detalhes sobre o que é o High-low Branding é preciso, antes de mais nada, entender também o que é High-end Branding.

 

O QUE É HIGH-END BRANDING?

High-end Branding é a gestão de marca com foco no mercado de luxo.

Para isso todos as ações nos pontos de contato da marca visam fortalecer elementos como exclusividade, alta qualidade, alto preço e escassez, entre outros.

Uma marca com foco no High-end Branding busca atender a um nicho muito específico de clientes.

Esse nicho possui altíssimo poder aquisitivo, presença demográfica privilegiada e acesso ao que há de melhor em serviços e produtos.

 

O QUE É HIGH-LOW BRANDING?

Já o High-low Branding é a gestão de marca visando atribuir características premium, sem torná-lo exageradamente caro.

Ao notar que uma grande parcela da classe média buscava opções de marcas, produtos e serviços com características semelhantes às das marcas de luxo, algumas empresas passaram a utilizar essas características para diferenciarem suas marcas e conquistar esse público.

A esse tipo de ação foi dado o nome de High-low Branding. Marcas que se apresentam com características premium mas que atendem à classe média.

Claro que, devido a essas características, muitas pessoas presentes na Classe AAA também consomem marcas de High-low Branding.

 

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE UMA HIGH-LOW BRANDING

Ao analisar uma marca com foco no High-low Branding podemos notar algumas características comuns, que fazem toda a diferença.

Entre as principais características de uma High-low Branding, vale a pena destacar:

01 – PRODUTOS DE BOA QUALIDADE

Uma High-low Branding busca oferecer produtos de boa qualidade e atendam (e até superem) as necessidades de seus clientes.

As principais diferenças de uma high-low branding para uma high-end branding, neste quesito, está na popularização do produto.

Enquanto uma marca de luxo busca utilizar sempre o que há de melhor e mais raro em matéria-prima, processos quase artesanais e poucas unidades de seus produtos.

Uma High-low Branding busca equilibrar o uso de boa matéria-prima, produção em escala e vendas para o maior número de clientes possível.

Normalmente os produtos de uma High-low Branding possuem preços superiores aos preços de produtos de marcas populares e muito inferiores aos preços de marcas de luxo.

 

02 – DESIGN DE PRODUTO

Uma das grandes características de uma marca que utiliza o High-low Branding para se posicionar é o design de produto.

Enquanto as arcas populares, normalmente, focam na simplificação máxima de seus produtos para baixar ao máximo seus custos, aumentar sua escala e lucrar na quantidade, as marcas de luxo apostam em projetos exclusivos e que ditam tendência.

Já as marcas High-low unem o melhor dos dois mundos, design exclusivo, materiais de boa qualidade e grande escala de produção.

O projeto de design de produto de uma marca High-low chega a ser tão bom que muitos podem acreditar que trata-se de um produto de luxo.

 

03 – IDENTIDADE VISUAL DE ALTO PADRÃO

A identidade visual de uma High-low Branding é um dos fatores mais importantes deste tipo de marca.

É graças a uma identidade visual diferenciada de alto padrão que esse tipo de marca busca diferenciar-se da concorrência.

Ao analisar um tipo de produto de uma marca popular e o mesmo tipo produto de uma High-low Branding, as diferenças são facilmente percebidas.

Toda a identidade visual de uma High-low Branding é planejada para que o cliente-alvo tenha a sensação de estar adquirindo um produto diferenciado de altíssimo padrão.

As embalagens deste tipo de marca remetem ao luxo, a sofisticação e a exclusividade.

Porém, os preços praticados são acessíveis à maioria das pessoas presentes na classe média e a uma parcela da classe com menor poder aquisitivo.

 

04 – LOJAS INTIMISTAS

Normalmente, marcas que se posicionam como High-low Branding, utilizam lojas com design intimista e diferenciado.

Esse tipo de loja imprime uma identidade própria, reforçando o senso de comunidade e exclusividade.

A grande diferença deste tipo de loja para uma loja de luxo, além dos produtos é claro, é o livre acesso que qualquer tipo de público obtém.

Esse tipo de loja dificilmente trabalha com horários agendados ou possuem alguma restrição de acesso.

A vantagem deste tipo de loja está exatamente em poder atender diferentes públicos de diferentes classes sem desvalorizar sua marca.

 

CONCLUSÃO

A utilização do High-low Branding pode ser uma excelente solução para diferenciar e valorizar sua marca.

Aproveito para te convidar a conhecer o Luxury Brands, uma excelente solução para transformar seu negócio em uma Marca Premium.

Ah, caso queira fazer parte de nossa área VIP basta CLICAR AQUI.

Forte abraço e conte comigo!


Guia Basico de Marketing Digital de Alto Padrão | Alexsandro Kingmaker